Depoimento sobre APRAXIA

Depoimento sobre APRAXIA

Apraxia da fala

Por Eleandra Barbiere

Formadora do Instituto AutismoS



Dois meses de conscientização....

Depois do mês do autismo, temos o mês de maio para conscientizar as pessoas para o diagnóstico de apraxia de fala.

Eis os dois principais diagnósticos da Isabela.

A Apraxia, por si só, já é um diagnóstico extremamente difícil. Associado ao autismo...imaginem!!

Não há fórmula mágica....o caminho...muita terapia!

E ter saber que o ato de falar é extremamente complexo e refinado.

Nós pais, temos uma superansiedade, para ouvir as primeiras palavrinhas, as primeiras conversas e é doloroso ver que este processo do desenvolvimento, não flui como o esperado.

A Apraxia e o Autismo são verdadeiras montanhas-russas, há dias que as palavras vem....há dias que elas desaparecem....há dias que a gente esquece que a fala não vem, porque o ato de se COMUNICAR, aparentemente supre.

Tem dias doces, que a voz é fluída, que os gestos contam história.

Tem dias amargos, que as palavras fogem, e a frustração impera.

O que precisamos ter de sobra?

Parceria com os terapeutas, com a escola...

Perseverança....que há dias e dias...e que se hoje foi difícil, ter confiança que no outro dia, tudo pode mudar...

Acreditar....sempre no potencial...mesmo que a evolução seja lenta, melhor, como já diz o velho ditado “devagar e sempre”, do que sem qualquer sinal de evolução.

Estudar...é muito importante os pais estarem a par e entender os processos.

Há muita informação bacana, há cursos on-line, e a Abrapraxia (@apraxiakidsbasil) tem um supertrabalho de acolhimento, de divulgação e formações para pais e profissionais.